5 Passos para Criar Suas Recompensas

5 Passos para Criar Suas Recompensas

Criar uma excelente recompensa é o primeiro passo que você precisa dar para construir listas de e-mails compradoras.

Quem atua com marketing digital sabe que entregar conteúdo de valor antes de fazer a oferta aumenta e muito suas chances de conversão.

Essa estratégia permite captar contatos de potenciais clientes ao mesmo tempo que ativa o gatilho mental da reciprocidade.

Por isso, entregar uma recompensa forte de forma gratuita é um início poderoso de uma campanha de vendas.

Com uma lista formada você tem diversas formas de converter leads em clientes fazendo suas ofertas via e-mail.

Se você quer aprender como construir listas compradoras através de recompensas bem montadas e bem pensadas, então leia este artigo até o final.

O Essencial…

Antes de tudo, você precisa saber que é necessário criar listas segmentadas para gerar mais resultados para o negócio. 

Quanto mais segmentada a lista, mais resultados ela irá gerar para seu negócio digital.

Se você atrair as pessoas erradas para sua lista, você terá uma taxa de abertura de e-mails mais baixa, você terá um número de vendas menor e com isso você não vai gerar bons resultados.

Portanto você pode estar jogando dinheiro no lixo. Por exemplo, você pode investir mil reais e gerar uma lista segmentada ou investir mil reais e gerar uma lista não segmentada. É lógico que você terá um melhor resultado financeiro se criar uma lista segmentada.

Segundo Juliano Torriani “O motivo da pessoa entrar na sua lista é a coisa mais importante para o seu resultado”. E o que isso quer dizer?

Quer dizer que a sua recompensa digital precisa estar alinhada com seu produto, do contrário você irá atrair pessoas que não têm o menor interesse em adquirir o seu produto.

Existem alguns erros que você precisa evitar nesse processo. 

Veja nos itens abaixo o que você não deve fazer ao construir uma lista e criar uma recompensa:

1- Você não deve criar um quiz/teste, é uma das piores coisas para criar uma lista segmentada. Por exemplo: “O que você sabe sobre Facebook ADS?”. Isso só faz você perder tempo… Não faz sentido fazer um quiz antes de trazer a pessoa para sua lista… Isso pode até ser feito, mas apenas depois que a pessoa já fizer parte da sua lista.

2- Você não pode pegar uma recompensa digital qualquer e jogar no seu anúncio e começar a gerar leads. Você precisa pensar em todo o caminho do avatar na hora de criar uma recompensa digital, pensar onde ele começa e até onde ele vai chegar. O ideal é gerar uma pequena transformação no seu prospecto através da sua recompensa, ensinar algo que agregue valor na vida dele.

3- Não aproveite listas de outras pessoas e muito menos compre listas prontas.

4- Regra geral, criar uma recompensa de 100 páginas não é uma boa recompensa. Se você produzir um conteúdo demasiadamente teórico e extenso, que não ensine nada prático para seu prospecto ele não terá nenhuma transformação efetiva. Uma boa recompensa é uma solução específica para um problema específico. Busque com sua recompensa transformar um problema que é difícil para o seu avatar resolver em algo fácil do seu avatar resolver. Ou, pelo menos, transmita através da sua recompensa a seguinte mensagem: “aqui temos um caminho”

Tenha em mente que…

Entregar uma recompensa é a melhor forma de capturar leads e formar listas de futuros clientes.

Na construção de uma lista de e-mails é preciso fazer uma troca com as pessoas: “eu vou te entregar algo de muito valor e em troca você vai me entregar seu e-mail”

Veja abaixo pontos importantes que você deve considerar ao criar uma lista compradora:

1- Rápido Consumo: sua recompensa não precisa necessariamente ser curta… Mas precisa ser fácil de entender e rápida de aplicar.

2- Resolva uma Dor Urgente: entregar apenas conteúdo não cria a necessidade de download imediato da sua recompensa. Mostre as dores do seu avatar e explique como a sua recompensa vai ajudá-lo.

3- Não Mate suas Vendas: se você entregar demais em sua recompensa, seus leads não vão aceitar suas ofertas e sua conversão estará comprometida!

4- Sua Amostra Grátis: de preferência a sua recompensa digital deve ser um pedaço da sua solução. Ou seja, ela deve funcionar como a amostra grátis que você recebe no supermercado. Assim o seu lead poderá experimentar o seu conteúdo de qualidade e ficará com gostinho de quero mais. Além de ativar o gatilho da reciprocidade.

Explicando melhor…

A recompensa precisa ser uma amostra grátis do seu produto, um pedaço do seu produto, um pedaço da solução que seu produto oferece. 

Sua meta deve ser criar na mente do prospecto o seguinte pensamento: “nossa, isso é muito bom, eu quero mais disso”. 

Ou seja, você precisa deixar um gostinho de “quero mais”, para que a pessoa queira consumir mais do seu conteúdo e em seguida comprar o seu produto.

Resumindo, você vai entregar algo de valor em troca do e-mail da pessoa. E sua recompensa deve ser rápida de consumir e deve ser algo específico e relacionado ao seu produto… deve ser um pedaço do seu produto.

5 Passos Para Construir uma Recompensa

Vamos a partir de agora estudar os 5 passos para construir uma recompensa.

1° Etapa –  Quem você quer na sua lista? 

Eu só vou começar a criar uma recompensa depois que eu souber pra quem eu vou vender. Pois se eu não tiver isso bem definido, consequentemente, irei captar pessoas aleatórias para a minha lista, e eu não vou fazer vendas para ninguém, e isso não vai me ajudar a gerar resultados. 

Então saber pra quem eu irei vender é um fator fundamental para construir listas segmentadas e compradoras. Isso é o que chamamos de público.

Você precisa definir 5 elementos básicos das pessoas que você quer na sua lista: 

1- Qual o sexo predominante das pessoas (pois isso irá interferir na linguagem que você irá usar, por exemplo, se a maioria dos seus compradores são homens você pode direcionar sua comunicação para a ganância, já que esse sentimento motiva mais o sexo masculino. logo, se você tem um sexo predominante, você irá falar voltado para esse sexo, se não tiver um predominante vai falar para os dois, usando uma linguagem neutra);  

2- Definir qual a idade do seu público (isso te dará uma direção para você saber com o que seu público se conecta. Por exemplo, uma pessoa entre 20 e 40 anos ainda está na ganância de conquistar/construir coisas, como ter sua própria casa ou comprar carros. Porém uma pessoa de 60 anos já está em outra fase da vida, logo o que motiva essa pessoa mais madura já são outras coisas, e sua abordagem precisa ser diferente. Ou seja, saber a idade do público também irá interferir na sua comunicação); 

3- Identificar o problema do seu avatar (pois você irá criar uma recompensa para resolver o problema específico do seu público); 

4- Depois vêm os sonhos e metas (quais são os desejos do seu público? Aonde ele quer chegar, qual o sonho dele? Por exemplo, a pessoa pode ter o sonho de viver de digital, de poder trabalhar na praia, de poder passar mais tempo com a família, de poder fazer mais escolhas, pois quando ele conquistar sua independência financeira, terá mais liberdade para fazer escolhas. Sem dinheiro a pessoa vai ao restaurante e olha o cardápio pelo lado direito, mas com dinheiro a pessoa olha pelo lado esquerdo, tem liberdade de escolha. A pessoa com dinheiro tem acesso a muito mais coisas do que uma pessoa sem dinheiro, há mais oportunidades, mais possibilidades, mais liberdade. Assim você precisa definir um sonho um sonho do avatar, por exemplo: ter uma casa na praia. E também definir meta, ou seja, em quanto tempo vai conquistar o sonho, quanto vai custar, quanto vai precisar trabalhar para alcançar essa meta. Exemplo de meta: ganhar 4 mil reais por mês);

5- Identificar o tipo de público que você atende (exemplo: pessoas que são empregados, mas possuem uma habilidade que podem usar para ajudar outras pessoas, e querem criar um produto digital que ensina essa habilidade, no intuito de ganhar uma renda extra.

Outro exemplo de público são produtores digitais, ou que já tem resultados ou que ainda não tem resultados e estão procurando metodologias para melhorar seus resultados. Outro exemplo, mães solteiras que precisam encontrar uma fonte alternativa de renda com a qual possam trabalhar em casa et cetera. Então é preciso definir quem são os públicos do seu produto e qual o problema de cada público. Qual a dor de cada público, e o que impede cada um de dormir à noite. Sabendo dessas informações ficará mais fácil conversar com seu público. E você saberá o que os motiva. Logo será bem mais fácil criar um copy persuasivo e que cause impacto no seu prospecto. Você precisa se colocar no lugar do público para saber exatamente sobre o que vai falar com elas. Depois você precisa definir o mundo no qual seu avatar vive hoje e qual o mundo que ele gostaria de estar vivendo. Mundo atual x Mundo ideal. Seu produto precisa levar o prospecto do ponto A ao ponto B, seu produto precisa gerar uma transformação. E sua recompensa também precisa gerar uma transformação, só que em uma escala menor). 

2º Etapa – Definir o Tema da Recompensa.

Primeiro você precisa listar de 5 a 10 problemas de cada um dos seus públicos. 

Caso você só tenha identificado apenas um público alvo, defina os problemas desse público. 

Definindo o problema do público ficará mais fácil de criar a recompensa digital, que será uma solução específica para um problema específico. 

Então defina um problema específico. Por exemplo, “qual copy de anúncio usar?” A partir desse problema você pode criar uma recompensa com o seguinte título: “Conheça as 7 copies de anúncios que geraram 7 dígitos de faturamento nos últimos dezoito meses.” (isso é uma solução específica para um problema específico). 

Reforçando as características da recompensa ideal: a recompensa deve ser um pedaço da solução. Deve gerar uma pequena vitória para o lead. Deve ser algo bom. A recompensa precisa ser fácil e de rápido consumo. É aplicável, o lead precisa consumir e em seguida conseguir colocar em prática. 

Você vai entregar para o prospecto uma etapa da solução completa, e de graça para a pessoa experimentar e depois vir comprar de você.

Perceba que isso não se trata de Marketing de Resposta Direta. Trata-se de Marketing de três passos. O processo global é atrair, engajar e depois converter.

3º Etapa – Definir o formato da recompensa.

Você pode usar um dos formatos a seguir para criar sua recompensa: Relatório, PDF, vídeo, webinário, palestra, checklist, planilha. 

Independente do formato escolhido, sua recompensa precisa ser sobre algo específico, tem que resolver um problema e tem que ser tangível. Além disso, precisa ser simples e objetiva.

4º Etapa –  Nome da Recompensa

Definir o nome da recompensa é um fator primordial. Você já parou pra pensar porque alguns livros que têm um mesmo conteúdo uns são best sellers e outros não são best sellers? O nome da capa é o que faz toda a diferença.

Por isso vale a pena dedicar um pouco do seu tempo para criar um nome impactante e que irá atrair o seu prospecto.

Você gostaria que sua recompensa fosse baixada ao invés de ignorada? Aposto que sim!

Para ajudar você, iremos mostrar uma estrutura para criação do nome da sua recompensa digital, baseado nos seguintes elementos: desejo específico + em quanto tempo + objeção.

Veja a estrutura abaixo:

[Aprenda/descubra] como [resultado final desejado] em [tempo] mesmo que/sem precisar [maior objeção]

Exemplo 01:

Aprenda como iniciar seu negócio digital em 8 simples passos sem precisar sair de casa.

Exemplo 02:

Aprenda como perder 2kg por semana sem precisar ir pra academia ou deixar de comer tudo que gosta.

5º Etapa – Criando sua recompensa

Lembre-se, a recompensa tem que ser curta, específica, aplicável e tem que resolver um problema do seu avatar. 

Além da recompensa ser um pedaço completo da sua solução também precisa quebrar objeções.

Veja as 3 etapas simples para criação da recompensa:

1 – Introdução

Falar do problema, da causa do problema e de uma visão geral da solução.

2 – A solução: “como resolver o problema”

O que a pessoa precisa fazer para resolver o problema. Ensine algo de valor e que resolva um problema do seu avatar.

3 – CTA – Chamada para ação

Embora seja o último elemento da recompensa, a chamada para ação tem função crucial, que é levar o prospecto a executar uma ação que você deseja.

No caso você irá convidá-lo para conhecer o produto digital que você divulga. Ou seja, você irá enviá-lo para a página de vendas.

Logo, você vai fazer uma oferta e chamar o lead para a ação, no intuito de vender seu produto.

Recompensa Mais Fácil, Simples e Rápida de Fazer

Você gostaria de atrair as pessoas com necessidade e interesse na solução que você oferece?

Você gostaria de criar uma forma de captar potenciais clientes, 24 horas por dia e 7 dias por semana?

Uma das ferramentas mais poderosas para atrair e converter leads em clientes, é criando um e-book.

E-books são livros eletrônicos, que apresentam um conteúdo rico e mais denso sobre determinado assunto, e que geralmente são disponibilizados às pessoas em troca das suas informações de contato.

Ou seja, podem ser usados como recompensas digitais para capturar novos leads.

Veja algumas razões abaixo para usar um e-book como recompensa digital: 

  • Sem custo para impressão;
  • Sem estoque; 
  • Rápido e fácil para atualizar seu conteúdo; 
  • Sem custos de envio ou atrasos na entrega; 
  • Valor percebido maior do que um livro comum; 
  • Rápido, simples e muito barato para produzir e etc.

Veja a seguir dicas simples para você usar na criação de um e-book:

1º) Na capa do e-book ponha o título, o nome do autor do conteúdo (ou seja, seu nome) e uma imagem relacionada ao assunto.

2º) Na segunda página aproveite para contar uma história relacionada ao problema do seu avatar, no intuito de prender a atenção do leitor e motivá-lo a continuar a leitura.

Na história, você pode contar resumidamente um problema que você enfrentou antes de saber a solução que o e-book traz.

Depois diga como esse material ajudou você a resolver o problema. Por último, apresente-se brevemente e relate em poucas palavras como a sua vida e a de quem você ajudou estão melhores, agora que o antigo problema foi resolvido.

Aproveite e ponha uma foto sua, seu e-mail e seus contatos nas redes sociais.

3º) Veja agora dicas para usar na introdução do seu e-book.

Gerar expectativas nas pessoas para que elas continuem lendo é uma ótima forma de prender a atenção delas.

Por isso, iniciar seu e-book fazendo uma pergunta é uma excelente maneira de capturar a atenção da audiência.

Perguntas sempre abrem espaço na mente do leitor, que vai querer descobrir a resposta para aquela questão.

E para obter a resposta, o leitor terá que continuar lendo as palavras e parágrafos seguintes.

Faça uma pergunta relacionada com o problema do avatar, responda à pergunta explorando a causa do problema e apresente uma visão geral da solução.

4º) Apresente a solução, mostre como resolver o problema que o avatar está enfrentando.

No título da recompensa você fez uma promessa, você disse que iria ensinar alguma coisa para o prospecto. Pois bem, chegou a hora de cumprir a promessa e mostrar a solução.

É aqui que você entregar a amostra grátis do seu produto, ele vai poder experimentar um pedaço da solução.

O que a pessoa precisa fazer para resolver o problema. Ensine algo de valor e que resolva um problema do seu avatar.

5º) Subtítulo: divida os assuntos do seu e-book em subtítulos e tópicos, pois eles são responsáveis por quebrar o texto e orientar o usuário conforme ele desce a página. Apenas fique atento para obedecer um padrão e seguir uma lógica.

6º) Use palavras em negrito, itálico e sublinhado para dar destaque à alguma informação, mas não exagere para não perder o sentido do seu uso.

Mantenha o alinhamento de todo texto à esquerda ou justificado e seja objetivo, escrevendo frases e parágrafos de no máximo 5 linhas (sempre que possível), e dando espaço entre eles. 

Dessa forma, seu texto fica escaneável, facilitando uma leitura dinâmica e agradável para o usuário.

7º) Para o ebook escolha uma fonte padrão e que torne a leitura agradável, como Arial ou Roboto e use um tamanho entre 28 e 32, para proporcionar uma boa experiência de leitura.

E com isso concluímos o conteúdo de hoje. Aproveite para compartilhar este artigo com um amigo que precisa melhorar suas recompensas digitais.

Agradecemos por ficar conosco até o final e parabéns por investir no seu conhecimento.

Até a próxima e grande abraço!

Gostou? Compartilhe

Leave a Reply

Your email address will not be published.Required fields are marked *